EQUIPA TÉCNICA DO DESPORTIVO DE TONDELA APRESENTADA À COMUNICAÇÃO SOCIAL Imprimir
Desporto - Futebol
Escrito por Zé Beirão   
Qui, 02 de Julho de 2015 13:45

OBJECTIVO  DE  VITOR  PANEIRA : MANUTENÇÃO  NA  1.ª  LIGA

DSC 0006 Gilberto Coimbra: “Vitor Paneira já foi feliz em Tondela”

Há pouco mais de duas horas, Vitor Paneira, apresentado como o novo técnico do Tondela, assumiu que tanto ele como a equipa que vai orientar, tudo irão fazer para que a chegada à I Liga não seja de ida e volta, mas sim, para se aguentar e, para tanto, terão que ser conseguidos, pelo menos, 30 pontos.

DSC 0004Manager File Suffix O presidente do Clube, Gilberto Coimbra, abrindo a sessão de apresentação da nova equipa técnica, lembrou que Vitor Paneira “já foi feliz em Tondela” e disse esperar que o “seja novamente noutras perspectivas”. O presidente referiu que ele levou o Tondela à II Liga e também será capaz de fazer com que o Tondela se aguente no primeiro escalão do futebol profissional.

DSC 0017Manager File SuffixManager File Suffix “Cada ponto é uma satisfação, mas os três pontos serão uma alegria”, sustentou Beto Coimbra, que disse tudo fazer para que o clube se mantenha, embora reconheça que no primeiro ano será muito difícil, mas não inatingível. E desejou que, cada ano que passe “seja melhor que no anterior” e acrescentou: “Vamos todos pedir a Deus que tenhamos a sorte que tivemos nos últimos nove anos”, referindo, naturalmente, a carreira de sucesso da instituição que dirige, que subiu dos distritais ao patamar maior do futebol português.

“É o regresso a Tondela”, começou por dizer o novo técnico, que secundou as palavras do presidente, mas que já, anteriormente, “o objectivo tinha sido cumprido” (II Liga) e que agora “vamos lutar pela manutenção”. Para isso, “precisamos de fazer 30 pontos”, enfatizou.

DSC 0007Manager File Suffix No período de perguntas e respostas, o técnico, que foi atleta do Benfica, referiu que, para uma equipa que sobe pela 1.ª vez, o objectivo da permanência é mais difícil, “mas vamos inverter essa tendência”, sustentou. Encarar os jogos do campeonato, frente aos grandes, o técnico disse que “vamos encarar esses jogos com tranquilidade”.

Faltando ainda alguns jogadores, Vitor Paneira disse que, dentro de dias, “vamos ter mais dois ou três jogadores”. Quanto às capacidades para uma I Liga, Vitor Paneira diz que “se o presidente me foi buscar, é porque acredita no meu trabalho”.

Quanto ao facto dos árbitros passarem a ser sorteados e não nomeados, o técnico desvaloriza essa situação, já que apenas deseja que as arbitragens sejam boas.

DSC 0015Manager File Suffix EQUIPA TÉCNICA

Treinador principal – Vitor Paneira, 49 anos, natural de Calendário (Vila Nova de Famalicão); Histórico: Tondela, Varzim, Tondela, Gondomar, Boavista, Famalicão, Vila Meã, Marco de Canavezes, Moreirense e Ribeirão.

Treinador adjunto – Carlos Rego, 52 anos, natural de Louro (Vila Nova de Famalicão).

Preparador físico – Paulo Rafael, 34 anos, natural de Joane (Vila Nova de Famalicão.

Treinador de guarda-redes – André Mota, 32 anos, natural de Alvarenga (Arouca).

DSC 0012 Observador – Rafael Vieira, 30 anos, natural de Vila Nova de Famalicão.

NOTA: Algumas dezenas de adeptos estiveram no relvado e na bancada central, onde saudaram o novo técnico, que agradeceu a sua presença e o seu apoio...

DSC 0016