ELEITOS DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TONDELA visitaram locais atingidos pelos incêndios de Outubro

Os eleitos da Assembleia Municipal de Tondela visitaram na passada sexta-feira (22 de Junho), a convite da Câmara Municipal, alguns pontos do concelho atingidos pelos incêndios de Outubro do ano passado, que se encontram a ser intervencionados.

A comitiva teve oportunidade de visitar o aterro sanitário do Planalto Beirão, que trata anualmente cerca de 120 mil toneladas de resíduos de 19 municípios de três distritos.
Nesta ocasião foi possível explicar aos presentes que as chamas consumiram todo o perímetro da área de deposição e que a estrutura de produção de biogás foi destruída, assim como a área de recolha selectiva.
De acordo com o presidente da Câmara de Tondela, José António de Jesus, o aterro sanitário está a ser alvo de uma intervenção de recuperação e modernização que irá custar vários milhões de euros, mobilizando três instrumentos financeiros: POSEUR, Fundo Ambiental e Programa Repor. 

ATERRO SANITÁRIO: 18 milhões de euros

“Ocorrem aqui investimentos na casa dos 18 milhões euros, incidindo grande parte desse investimento, na optimização da recolha selectiva”, informou.
Os eleitos na Assembleia Municipal de Tondela visitaram ainda a Zona Industrial Municipal de Tondela (ZIM Adiça), onde as chamas destruíram totalmente grandes empresas, observando que a Valouro já está reerguida.
A última visita da manhã permitiu verificar que já se encontram a ser reconstruídas várias primeiras habitações na localidade de Alvarim, freguesia de Dardavaz, uma das mais afectada pelos fogos de Outubro.
A sessão ordinária da Assembleia Municipal continuou durante a tarde, na Associação Recreativa e Cultural de Alvarim (ARCA).