BRAGA VENCE PELA DIFERENÇA MÍNIMA e CD Tondela desceu aos lugares de despromoção

Num jogo em que o Clube Desportivo de Tondela apostava tudo numa vitória para sair dos lugares perigosos, o Braga foi mais feliz, ao apontar o golo solitário, que lhe permitiu manter a luta pelo título.

Num jogo registou a segunda melhor assistência da época, a equipa auriverde não conseguiu pontuar, mas rubricou um bom jogo, onde não marcou por falta de uma melhor eficácia, uma vez que o guardião minhoto fez tudo para garantir os três pontos da sua equipa, defendo tudo o que era defensável.

Com algumas novidades no onze, registando-se as estreias no campeonato como titulares de Tembeng e Patrick Fernandes, o conjunto orientado por Pepa foi a primeira a criar perigo, com Xavier a rematar perto do poste esquerdo da baliza bracarense.

Como quem não marca, sofre, foram os arsenalistas a inaugurarem o marcador à passagem do minuto 31′, com Wilson Eduardo a fazer o único golo do encontro e, até ao intervalo, o azar bateu à porta do CD Tondela, com Ricardo Costa e Tembeng, a saírem lesionados, limitando as substituições para o segundo tempo.

Mesmo assim foi um conjunto auriverde superior ao SC Braga, que surgiu na segunda parte, a assumir o jogo e a mostrar que queria inverter o resultado negativo. Com mais bola e com as melhores oportunidades, os tondelenses acabaram por falhar no último terço do terreno, tendo valido ao emblema de Braga as boas intervenções do seu guarda-redes a remates de Patrick e Xavier.

Numa partida que carimbou mais um desaire do CD Tondela no campeonato, a prestação positiva da equipa merecia claramente um resultado diferente. Mas não há vitórias morais. Os jogos ganham-se pelo maior número de golos que se conseguem marcar aos adversários.

Se os maus resultados persistirem, é certo que, ao fim de quatro épocas na I Liga, o Clube Desportivo de tondela sujeita-se a regressar à II Liga, onde há sempre imensos clubes a lutar pela subida.

A este encontro, de cariz solidário, acorreram muitos tondelenses que, com a sua presença, deram um valioso contributo na ajuda a quem precisa, por força dos acidentes que sofreram, nomeadamente, José Luís e Bruno Ferreira.

  • JOGO: Estádio João Cardoso, Tondela
    ASSISTÊNCIA: 2.265 espectadores
    ÁRBITRO: Rui Costa
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo a Goiano (33′), Moufi (35′), Ícaro (51′), Juan Delgado (80′);
  • MARCADOR: 0-1 Wilson Eduardo, 31′ 

TONDELA, 0 (4x4x2)

Cláudio Ramos, Moufi, Ricardo Costa (Ricardo Alves, 37′), Ícaro, Joãozinho, Tembeng (João Mendes, 41′), Hélder Tavares, Xavier, John Murillo, Sergio Peña e Patrick (Juan Delgado, 69′).
SUPLENTES: Pedro Silva, João Reis, João Mendes, Ricardo Alves, Bruno Monteiro, Chicho Arango, Juan Delgado.
TREINADOR: Pepa.

SPORTING DE BRAGA, 1 (4x4x2

Tiago Sá, Goiano, Bruno Viana, Raul Silva, Sequeira, Claudemir, Fransérgio, Ricardo Horta (Fábio Martins, 90’+2′), Esgaio, Wilson (Dyego Sousa, 73′), Paulinho.
SUPLENTES: Marafona, Xadas, Eduardo, João Novais, Fábio Martins, Palinha e Dyego Sousa.
TREINADOR: Abel Ferreira.

RESULTADOS DA JORNADA (12.ª)

  • Belenenses – Chaves 1-0
  • Feirense – Marítimo 1-1
  • Guimarães – Rio Ave 3-2
  • Porto – Portimonense 4-1
  • Sporting – Aves 4-1
  • Setúbal – Benfica 0-1
  • Nacional TONDELA – Braga 0-1
  • Moreirense – Santa Clara 0-1

PRÓXIMA JORNADA (13.ª)

  • Aves – Guimarães
  • Boavista – TONDELA
  • Braga – Feirense
  • Chaves – Moreirense
  • Santa Clara – Porto
  • Portimonense – Setúbal
  • Rio Ave – Belenenses
  • Marítimo – Benfica
  • Sporting – Nacional