DEPOIS DO SPORTING, vem aí o “tudo ou nada” frente ao Chaves na última jornada

O Clube Desportivo de Tondela depois da derrota, bem amarga, frente ao Santa Clara no Domingo anterior, em que tudo parecia desmoronar-se em relação à permanência na I Liga, foi ao estádio do Sporting impor um empate (1-1), mostrando à saciedade, de que é capaz do 8 e do 80.

O Tondela já tinha dito que “isto não acabou” e “não acabou mesmo”, como diz agora no seu site, cumprida que foi a jornada n.º 33 da Liga maior do futebol português.

E, para nela continuar a permanecer, pela 4.ª vez consecutiva, entre os “grandes”, ao Desportivo de Tondela falta uma vitória para depender, apenas, de si e, para tanto, terá que vencer o Desportivo de Chaves na última jornada, este fim-de-semana, no Estádio João Cardoso, uma vez que um empate apenas serviria aos transmontanos, dado que ganharam aos beirões na 1.ª volta do campeonato.

Quem, como o Tondela, não assegurou, nas jornadas anteriores, a sua permanência, tem uma última e única oportunidade para o fazer. Perdê-la, é abdicar de ser uma equipa de “Primeira” para ser uma equipa de “Segunda”.

Reportando-nos ao empate com a equipa leonina, como explica o site do CDT, “num jogo de alta intensidade do primeiro instante até ao último suspiro, os auriverdes treinados por Pepa estiveram perto de entrar a marcar, mas acabaram por ficar atrás no resultado ao minuto seis, quando os leões fizeram de grande penalidade o 1-0”.

Era, para o Tondela, “mais uma pedra” no seu caminho, já recheado de obstáculos, que teria de tudo fazer para ultrapassar, num estádio com mais de 40.000 sportinguistas e assim foi.

Desta vez jogando bem e acertadamente, a equipa de Tondela mostrou de que têmpera é feita, embora capaz do 8 e do 80, indo atrás do prejuízo e do sonho da permanência, que lhe tem fugido nas últimas jornadas.

Depois de algumas tentativas falhadas, a espaços, mesmo com o Sporting em “alerta máximo”, a equipa verde e amarela, encontrou, no minuto 67 de jogo, a oportunidade para restabelecer a igualdade, com Tomané a surgir dentro da pequena área, fora do alcance dos defesas da casa, a encostar a bola para as malhas leoninas, na sequência de um pontapé de canto.

O Estádio “tremeu”, com o ainda pequeno CD Tondela, a calar as quatro dezenas de milhar de sportinguistas, que não se cansavam de puxar pela equipa que, com este resultado, se viu afastada da possibilidade de ainda chegar ao 2.º lugar na tabela, embora contando com as derrotas do FC Porto que na Madeira, impôs um concludente 4-0 ao Nacional que, desta forma, é a segunda equipa a descer, depois do Feirense.

O Sporting bem tentou marcar novamente, mas Cláudio, com algumas belas defesas, não o permitiu, enquanto os beirões de Besteiros faziam o mesmo, o que, por pouco, iam conseguindo.

Resta dar tudo no último encontro do campeonato, para consigam, mais uma vez, assegurar a permanência e, aqui, só a vitória serve.

  • JOGO: Estádio José Alvalade, Lisboa
    ASSISTÊNCIA: 41.665 espectadores
    ÁRBITRO: Tiago Martins
  • MARCADORES:  1-0 Bruno Fernandes (6’) gp;  1-1 Tomané, 67′
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo a Ricardo Costa (4′), Bas Dost (41′), Delgado (44′), Mathieu (45’+3′), Borja (55′), Jorge Fernandes (58′), Moufi (81′), Coates (84′), Pité (85′) e Peña (90’+1′). Cartão vermelho directo para Ristovski (37′);

Sporting, 1

Renan Ribeiro, Ristovski, Coates, Mathieu, Borja (Ilori, 69′), Bruno Fernandes, Gudelj, Wendel (Bas Dost, 77), Raphinha, Acuña e Luiz Phellype (Diaby, 88′);
SUPLENTES: Salin, Ilori, André Pinto, Diaby, Doumbia, Bas Dost, Jovane Cabral;
TREINADOR: Marcel Keizer

TONDELA, 1

Cláudio Ramos, Moufi, Jorge Fernandes, Ricardo Costa, Joãozinho, Jaquité (Pité, 75′), Bruno Monteiro, João Pedro (Xavier, 46′), Murillo, Delgado (Peña, 57′) e Tomané.
SUPLENTES: Pedro Silva, Ícaro, Xavier, Patrick, Pité, Peña, David Bruno
TREINADOR: Pepa.

RESULTADOS DA JORNADA 33.ª

  • Guimarães – Belenenses 5-1
  • Rio Ave – Benfica 2-3
  • Portimonense – Marítimo 3-2
  • Aves – Moreirense 0-1
  • Boavista – Braga 4-2
  • Chaves – Setúbal 1-2
  • Santa Clara – Feirense 4-4
  • Nacional – Porto 0-4
  • Sporting – TONDELA 1-1

ÚLTIMA JORNADA 34.ª

  • Feirense – Aves
  • Marítimo – Boavista
  • TONDELA – Chaves
  • Moreirense – Guimarães
  • Setúbal – Rio Ave
  • Belenenses – Nacional
  • Benfica – Santa Clara
  • Braga – Portimonense
  • Porto – Sporting

JOGOS MAIS IMPORTANTES DA JORNADA:

  • BENFICA – SANTA CLARA
  • PORTO – SPORTING
  • TONDELA – CHAVES

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »