MAIS EMPRESAS E MAIS POSTOS DE TRABALHO NA CIDADE INDUSTRIAL DE TONDELA EM EXPANSÃO

????????????????????????????????????
José António de Jesus dando explicações

O presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António de Jesus, visitou ao longo da manhã de ontem (1 de Junho) os trabalhos de ampliação e requalificação da Zona Industrial Municipal (ZIM) de Tondela, cujo investimento ultrapassa os 3 milhões de euros.

ZIM de Tondela em expansão

A visita à obra, que arrancou há cerca de três semanas, contou também com a presença dos vereadores afectos ao PSD e da presidente de Junta de Freguesia de Dardavaz, Ana Leão.

Na altura, aos jornalistas, José António de Jesus, disse que espera ver concluídos, antes do prazo previsto, os trabalhos de ampliação e requalificação da zona industrial localizada na Adiça, que se iniciaram há cerca de três semanas.

“Tudo será executado com muita celeridade, na medida em que se encontram aqui várias empresas em simultâneo a trabalhar, fruto dos blocos de trabalho que ganharam em concursos públicos”, explicou o autarca, no final de uma visita às obras que representam um investimento superior a três milhões de euros.

  • TRÊS EMPRESAS A OPERAR NO TERRENO
O cartaz no local de uma nova rotunda na EN 2

A autarquia quer tornar esta zona industrial mais atractiva a novos investidores e responder às necessidades de expansão sentidas pelo tecido económico já instalado. A obra foi dividida em cinco áreas de trabalho e entregue a três empresas distintas.

“Temos a firme expectativa de que os 18 meses que estão previstos para estes trabalhos não se esgotem e que possamos, à medida que as várias frentes de trabalho estiverem concluídas, disponibilizar essa infraestrutura”, acrescentou.

Segundo José António Jesus, um dos objectivos desta expansão é “criar uma nova organização, funcionalidades e acessibilidades à zona industrial”, com “um perfil rodoviário adequado”, uma rotunda na ligação principal à Estrada Nacional 2 e “uma nova via que servirá de contorno a toda a zona industrial”.

  • EMPRESAS INSTALADAS DESENVOLVEM
  • NOVOS PROJECTOS
Local do novo parque de estacionamento

“Nesta fase, serão criados novos lotes para os quais há uma procura crescente também pelas empresas aqui instaladas que têm novos projectos, novas dinâmicas e, por isso, precisam de expandir as suas

actividades industriais”, justificou.

Esta intervenção inclui também “um novo parque de estacionamento que permitirá dar uma resposta muito mais eficaz aos trabalhadores desta zona industrial, que nas mudanças de turno sentiam sempre uma dificuldades acrescida”.

O autarca explicou que o novo estacionamento “está dimensionado para 230 lugares de viaturas ligeiras” e que será criado um sistema adicional de combate a incêndios.

Novos passeios, pavimentos e colunas de iluminação são outros trabalhos previstos para que a zona industrial fique “dimensionada para um novo modelo de gestão, uma nova ambição na expansão e na captação de investimentos”, acrescentou.

  • ESPAÇOS PARA NOVAS UNIDADES INDUSTRIAIS
Novos espaços para novas empresas…

José António Jesus avançou que se encontra em fase de conclusão “um plano de pormenor que irá criar uma segunda fase adicional de mais 125 mil metros quadrados, o que permitirá expandir a instalação de novas unidades e a captação de investimento externo, muito na linha daquilo que são os grandes ‘clusters’ em que o concelho aposta, como o sector automóvel, o agro-alimentar e o laboratorial.

Aos três milhões de euros da fase em curso, poderá juntar-se “um novo investimento que nunca será inferior a dois milhões”, frisou.

  • A CIDADE VOLTA A “MEXER”…
Zona do Estádio e Cemitério em ebulição…

Noutras informações complementares aos jornalistas presentes a nível distrital, José António de Jesus deixou claro que várias outras obras de grande importância na cidade, vão, finalmente, ter “pernas para andar” e aqui falamos de toda a área envolvente ao Cemitério Municipal, a ampliar, ao Estádio João Cardoso e ao Hotel, a valorizar com implantação de rotundas na Avenida Dr. Sá Carneiro e ligando à nova Avenida das Comunidades.

A zona a pedir urgente estudo

Do lado norte do Cemitério, entre o Hotel e o novo edifício em construção, uma nova rua, permitirá o acesso ao Estádio pelas traseiras e ligação à nova avenida. Desta mesma rua, partirá uma nova rua de contorno do campo santo, que entroncará na Avenida Sá Carneiro, onde se junta à Rua Frei Bernardo Castelo Branco, com uma competente rotunda.

A entrada da Urbanização Bela Vista, levará uma rotunda, para auxiliar, melhor, os acessos ao Estádio, com a eventual introdução de um segmento em rampa, pelos antigos terrenos do comendador José Cardoso de Matos, dirigido à Rua Dr. Eurico José de Gouveia e, naturalmente, com uma nova rotunda.

A andar, vão estar ainda, os trabalhos de construção do novo Centro Tecnológico da cidade e da Frente Ribeirinha, que há muito se aguardam, não estando esquecidos os trabalhos de reconstrução do antigo Hotel e Pensão Matos, na Rua dos Combatentes da Grande Guerra, destinado a instalar jovens ou casais sem filhos que venham trabalhar no centro tecnológico ou noutros departamentos.

A tudo isto, se juntam as obras de saneamento e águas a decorrer na Vila do Caramulo, sendo certo que os investimentos, segundo o presidente da Câmara Municipal de Tondela, atingem os 10 milhões de euros.

NOTA: Esta última, zona do  Estádio e Cemitério, é foto de arquivo, a aguardar grandes “mexidas”…