MUNICÍPIO DE TONDELA INAUGURA SETE ILHAS ECOLÓGICAS

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Município de Tondela dispõe, desde há poucos dias de sete novas ilhas ecológicas, constituídas por equipamentos enterrados de grande capacidade, para deposição de resíduos sólidos urbanos, valorizáveis e indiferenciados.

Além das novas ilhas ecológicas recentemente instaladas, encontram-se em fase de instalação mais 110 novos ecopontos de superfície, o que permitirá um reforço muito significativo ao nível da capacidade instalada de recolha selectiva multimaterial de resíduos recicláveis.

Durante a inauguração destas ilhas ecológicas, o presidente da Câmara Municipal de Tondela sublinhou que actualmente duplicou a recolha selectiva no concelho.

“Trata-se de um projecto ambicioso, sendo este um investimento de 315 mil euros”, apontou.

Nesta ocasião marcou também presença o presidente do Conselho Executivo da Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão (AMRPB), Mário Loureiro, que apontou que a instalação destes equipamentos foi realizada no âmbito de uma operação executada pela AMRPB e financiada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) que engloba 19 municípios da região, cuja gestão de resíduos urbanos está a cargo desta Associação de Municípios, com sede em Tondela. 

A operação, que tem como objectivo o incremento da quantidade e da qualidade da reciclagem multimaterial, é a segunda maior do país, com um valor global que ronda os 20 milhões de euros e que se encontra na recta final, com uma execução de 80 por cento.