DOWNHILL INTERNACIONAL EM TONDELA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
tempo de leitura: 3 minutos

MONTE DE S. MARCOS RECEBE PROVA INTERNACIONAL DE DOWNHILL

O próximo fim de semana (24 e 25 de fevereiro) promete muita adrenalina em Santiago de Besteiros. O Monte de São Marcos vai ser palco nos dois dias de uma prova internacional de downhill.

A competição, que marca o arranque do calendário desta que é a disciplina mais radical do ciclismo, vai decorrer no recém-criado Bike Park Monte de São Marcos. A pista com 1,6 quilómetros tem uma descida acumulada de 279 metros. A organização é da Associação de Desenvolvimento Comunitário de Santiago de Besteiros (ADCSB) e da Associação de Ciclismo da Beira Alta (ACBA), com o apoio do Município de Tondela e da Junta de Freguesia de Santiago de Besteiros.

O “Downhill Internacional C2 Serra do Caramulo” foi apresentado esta segunda-feira (19 de fevereiro) à noite em conferência de imprensa.

No encontro com os jornalistas, o vereador do desporto na Câmara Municipal, Francisco Fonseca, disse que a autarquia não podia deixar de apoiar a iniciativa na medida em que esta “se enquadra no grupo de eventos desportivos que demonstram interesse para o território”. “Demonstram interesse porque são atividades de natureza com muita capacidade de projeção para a nossa Serra do Caramulo”, salientou, acrescentando que a prova vai não só ajudar a trazer uma nova modalidade à montanha, o downhill, como a atrair mais atletas e turistas ao território.

Francisco Fonseca destacou ainda a “envolvência para toda a comunidade” que esta competição vai acarretar e a projeção na Comunicação Social que o concelho vai ter atendendo à internacionalização da prova. Já o presidente da ADCSB, Fábio Teixo, disse esperar que o evento “atraia muita gente a Santiago de Besteiros e ao grande Monte de São Marcos” e aproveitou a oportunidade para desafiar o público a assistir à prova, a divertir-se e a desfrutar do Monte de São Marcos.

O presidente da Junta de Santiago de Besteiros, Júlio Pacheco, falou numa iniciativa “importante” para a freguesia e que está a mexer com as unidades hoteleiras da região, que “estão a ficar cheias”. “Acho que só nos falta controlar o São Pedro para que no fim de semana o tempo seja interessante”, afirmou. 

O autarca explicou ainda que a prova internacional de downhill vai decorrer no Bike Park, um espaço criado recentemente pela Junta a pensar na “prática de várias modalidades” com o objetivo de promover o território. Por seu lado, o presidente da ACBA, Pedro Martins, elogiou a pista do Bike Park que classificou como “uma das melhores infraestruturas de downhill em Portugal”.

“Esta vai ser a primeira internacionalização da pista. Tenho a certeza que vai ser um teste vencedor. Em 2025 vamos candidatar esta pista a uma prova de um escalão superior, o C1, e inseri-la na Taça de Portugal de downhill. Vamos ter ainda mais atletas internacionais e nacionais, o que vai colocar o Monte de São Marcos, a freguesia e o concelho de Tondela na boca da comunidade de downhill nacional e internacional”, declarou. A organização está a contar com a presença no “Downhill Internacional C2 Serra do Caramulo” de duas centenas de atletas, entre eles alguns estrangeiros e que integram o top 20 mundial da modalidade. 

A prova é aberta a vários escalões masculinos e femininos e a crianças a partir dos 11 anos (sub-13). A competição inicia-se na manhã de sábado, com a realização de treinos livres. À tarde acontecem os treinos oficiais sem paragens. Já no domingo o dia começa bem cedo, com mais treinos. As qualificações iniciam-se pelas 09h45 e a final está marcada para as 12h30. A prova encerra pelas 15h30 com a cerimónia de entrega de prémios.

As inscrições para a prova podem ser feitas no site da Federação Portuguesa de Ciclismo. Aos vencedores serão atribuídos prémios monetários em função da classificação absoluta entre atletas de elite e juniores.