CD TONDELA: EXCELENTE VITÓRIA FRENTE AO SANTA CLARA DEIXA LUGARES DO FUNDO DA TABELA

Ainda antes do apito inicial, no aquecimento, o Tondela sofreu um contratempo. Pedro Trigueira, guarda-redes que ia ser titular no conjunto beirão, lesionou-se e foi Niasse quem assumiu o lugar na baliza beirã.

De olhos postos nos três pontos, as duas equipas entraram destemidas para tentar mexer primeiro no marcador. Sem pesadelos da má exibição da última jornada, em Alvalade, o Tondela mostrou desde cedo ao que vinha.

Nem foi preciso um minuto de jogo para os auriverdes assinarem a primeira oportunidade do duelo. Rafael Barbosa finta no flanco esquerdo, faz um cruzamento milimétrico para a cabeça de João Pedro, que acabou por cabecear ao lado. Ficou feito o aviso ao guardião do Santa Clara.

Apesar do bom arranque, foram poucas as oportunidades que a equipa beirã foi criando nos minutos que se seguiram. A partir daí, foi o conjunto dos Açores quem assumiu as rédeas do encontro.

Através de bolas bombeadas para o coração da área dos beirões, o Santa Clara foi criando perigo. Foram vários os suspiros de alívio dos tondelenses, que viram por várias vezes os jogadores açorianos desperdiçar chances claras de golo.

Ora através de Fábio Cardoso, ora por Nené, ou até por intermédio de Thiago Santana, ele que é o melhor marcador da Liga, o Santa Clara foi dizendo presente e obrigando o Tondela a ter cuidados redobrados, especialmente Niasse.

Os auriverdes não quiseram ficar para trás e lá foram ripostando. Destaque para uma bela jogada individual de Salvador Agra, que driblou dois defesas do Santa Clara e rematou com perigo de fora de área. Valeu a atenção e a destreza de Marco.

Depois de ter avisado que vinha com intenção de colocar o nome na lista de marcadores do encontro, Salvador Agra conseguiu mesmo apontar o primeiro tento do duelo. Depois de um brilhante passe do central Medioub, o extremo auriverde não perdoou e bateu Marco. Destacar que este golo foi apontado depois de ter havido uma mudança na disposição dos jogadores do Tondela, com a troca de flancos entre Rafael Barbosa e Salvador Agra.

Foi com vantagem de um golo para o conjunto beirão que os jogadores foram para o intervalo, numa primeira parte com um elevado número de faltas cometidas pelas duas equipas, oito para o Tondela, 10 para o Santa Clara.

A segunda parte começou equilibrada. Oportunidades para os dois aldos, mas o perigo continuava a ser maior para o Santa Clara.

Foi novamente através de uma bola parada, um canto, que João Afonso cabeceou mais uma vez ao lado, isto, depois de uma saída em falso de Babacar Niasse.

Os açorianos não mostravam intenção de querer baixar o ritmo e continuavam de pé no acelerador atrás do golo que daria a igualdade no marcador.

Aos 63 minutos o Santa Clara acaba por dispor de uma das melhores chances do golo. Thiago Santana fica de frente para Niasse, que depois de um remate potente do avançado acabou por fazer uma devesa espectacular. O guarda-redes beirão deu literalmente o “corpo às balas” e parou a “bomba disparada” por Thiago Santana com o peito.

Como quem não marca sofre, foi o Tondela quem voltou a não falhar, dilatando a vantagem que já vinha da primeira parte. Estreia como titular de sonho para Mario González. Depois de uma bela jogada individual, onde deixou agarrado ao chão João Afonso, apenas com Marco pela frente, não tremeu, e colocou a bola no fundo das redes dos forasteiros.

O jogo continuou com bastante equilíbrio e apesar da vantagem, o Tondela foi em busca de mais um golo. O técnico Pako Ayestarán mexeu para colocar mais jogadores no sector defensivo, mas nem isso impediu os beirões de continuarem a tentar.

O Tondela conseguiu gerir o resto do encontro à sua maneira e segurar a vitória por 2-0, que é tão preciosa e retira os auriverdes do fundo da tabela.

Fonte: MAIS FUTEBOL

 JOGO: Estádio João Cardoso, em Tondela (dia 7/11) às 15 horas

  • ÁRBITRO:
  • RESULTADO AO INTERVALO: 1-0
  • MARCADORES: Salvador Agra (35) e Mario González (67)
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo para Nené (17), Pedro Augusto (20), J. Murillo (29), Rafael Ramos (42) e Fábio Cardoso (86)

TONDELA, 2 (3x4x3)

  • Niasse; F. Martinez, Yhoan Tavares, A. Medioub; Filipe Ferreira, João Pedro, Pedro Augusto e J. Murillo; Rafael Barbosa, Mario González e Salvador Agra
  • SUBSTITUIÇÕES: Sai A. Medioub, entra N. Khacef (45); Sai M. González, entra T. Strkalj (76); Sai Salvador Agra, entra Tiago Almeida (76); Sai Rafael Barbosa, entra Jota Gonçalves
  • TREINADOR: Pako Ayestarán

SANTA CLARA 0 (4x3x3)

  • Marco; Rafael Ramos, Fábio Cardoso, João Afonso e Mansur; Nené, Osama Rashid e Lincoln; Ukra, Thiago Santana e Jean Patric
  • SUBSTITUIÇÕES: Sai Ukra, entra Diogo Salomão (61); Sai Mansur, entra Costinha (74); Sai Jean Patric, entra Júlio Romão (84); Sai Osama Rashid, entra Anderson Carvalho (85)
  • TREINADOR: Daniel Ramos

RESULTADOS DA 7.ª JORNADA

TONDELA – Santa Clara 2-0