MOTORFESTIVAL REGRESSA ESTE FIM-DE-SEMANA À SERRA DO CARAMULO COM UMA MAIOR PARTICIPAÇÃO DE PILOTOS

????????????????????????????????????

Hoje, amanhã e Domingo, dias 3, 4 e 5 de Setembro, a Vila do Caramulo, no Concelho de Tondela, vai ser palco da realização do Caramulo Motorfestival, com público e a maior participação se pilotos de sempre.

A organização, que pertence ao Museu do Caramulo, em 2019, última edição do evento, recebeu 35.000 pessoas nos três dias e, em 2021, por via dos constrangimentos da pandemia, aguarda a presença dos amantes do desporto automóvel, na ordem dos 20.000 espectadores.

A apresentação do festival, realizou-se em conferência de imprensa no exterior do Museu Automóvel e contou com a presença de Salvador Patrício Gouveia e João Lacerda, da direcção do Museu, André Villas-Boas, treinador de futebol, piloto e fundador da Race for Good, Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal e José António de Jesus, presidente do Município de Tondela.

Para a organização do festival, o maior festival motorizado de Portugal, na sua 16.ª edição, estima-se que este ano sejam recebidos cerca de 400 automóveis clássicos por dia, que se vão juntar ao evento.

“Temos uma rampa perfeitamente completa, que vai ser a maior de sempre em termos de participantes e vamos ter um alinhamento de pilotos fantástico, começando desde logo pelo André Villas-Boas, que já é uma presença habitual mas já merece o seu reconhecimento enquanto piloto, o Fernando Batista, Francisco Sande e Castro, Adalberto Melin, que se vai estrear na rampa e o Alex Laranjeira, piloto de motas, que este ano regressa ao evento”, salientou Salvador Patrício Gouveia.

No que concerne a marcas, a Aston Martin vai estrear-se este ano no Motorfestival, “trazendo um alinhamento de automóveis de luxo, incluindo o carro utilizado em vários filmes da saga James Bond, o DB5, que vai subir a rampa em demonstração”.

Ao nível da segurança, os organizadores referiram que será montado um dispositivo com as autoridades no sentido de assegurar todas as normas de segurança. “Temos duas entradas e dois postos de testagem, será exigido o certificado digital, mas quem não o tiver pode fazer um teste rápido. A GNR terá um efectivo reforçado no terreno para que possamos estar todos em segurança e apreciar o evento como ele deve ser apreciado”, explicou Patrício Gouveia.

A edição de 2021 contará com o Show Trial o Air Show, a Bikersville, a presença de um Benz de 1886, o primeiro automóvel do mundo, a estreia da GNR como participante do evento, com o seu núcleo histórico, o Drift e o Powerslide, num total de mil carros no evento.

Por seu turno, João Lacerda salientou o aumento de efectivos na ordem dos 50%, “tanto de comissários ao longo da pista como na pré-grelha, para que tudo funcione em condições e para garantir a segurança de todos os envolvidos” e o investimento do município na segurança da prova, nomeadamente, nos rails de protecção da rampa, que tem 2.850 metros de extensão.

“Vamos ter um plantel muito interessante de 72 automóveis na categoria de crono master, ou regularidade, como é mais conhecida. O carro mais antigo é de 1914 e vamos ter um Alfa Romeo de 2016, ou seja, 102 anos de diferença entre o mais antigo e o mais moderno. Criámos duas categorias: ao automóveis pre-war, anteriores à II Guerra Mundial e a Fórmula V. Na categoria Speed Masters vamos ter 29 automóveis, 5 do campeonato nacional de montanha e 8 do campeonato nacional de velocidade. Ao longo dos dias, cada uma destas categorias irá ter 3 subidas. Entre subidas de prova e de treino, vão totalizar, no final, 6 subidas durante o fim-de-semana”.

No total, estarão presentes 36 marcas diferentes de automóveis, num evento que totaliza 70 voluntários envolvidos, mais a equipa da organização. “No final, isto irá totalizar cerca de 400 pessoas envolvidas na organização do evento, entre todas as áreas, numa edição em que ultrapassámos os 100 inscritos”, adiantou João Lacerda.

 RACE FOR GOOD

André Villas-Boas apresentou a Associação Race for Good, que nasceu como uma forma de sensibilizar a sociedade para as causas sociais de três instituições das quais é embaixador: APPACDM do Porto, Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, a Ace África e a Laureus Sport for Good.

“Lancei este movimento quando participei no Rali Dakar, levando o carro decorado com as cores destas instituições. Este ano, tive a oportunidade de fundar a Race for Good enquanto associação e esperamos, em breve, ter a aprovação como IPSS, que nos abrirá outras portas também”, sublinhou.

Satisfeito com o impacto da Race for Good, sobretudo no mundo motorizado, enfatizou que a presença neste evento será uma parceria óptima para sensibilizar as pessoas e arranjar financiamentos. “A Race for Good vai crescendo passo a passo, não só como marca mas também nos seus movimentos de índole social, sendo fundamental estarmos em eventos como este, com a visibilidade do Caramulo Motorfestival e estou muito satisfeito com estes pequenos passos que vamos dando”, conclui.

  • INICIATIVAS QUE CAPTAM FLUXOS TURÍSTICOS

Pedro Machado descreveu o evento como “um triângulo extraordinário”, que alia desporto motorizado, turismo e solidariedade social.

“É muito importante para o Centro de Portugal, para qualquer região, poder ter um evento destas características, em primeiro lugar pela sua dimensão de internacionalização, que está muito presente nos aficionados do mundo automóvel e pelo conjunto das marcas que vão estar presentes, é uma dimensão absolutamente essencial para a recuperação na área específica do turismo, mas é também muito importante porque os eventos são as âncoras com que podemos captar fluxos turísticos e depois fazer com que eles permaneçam nos nossos territórios”, sublinhou.

“Este evento tem um sítio e uma geografia extraordinária, mágica e mística, associada ao Caramulo, tem essa marca de poder projectar não só a região Centro, mas o próprio país no mundo do desporto automóvel. Estamos numa matriz económica muito forte, o turismo é por excelência uma actividade económica, os nossos hotéis, a restauração, estamos com boas taxas de ocupação aqui no Caramulo, Tondela, Viseu e na região Centro e isso tornou possível um novo olhar sobre produtos turísticos que normalmente não estavam na primeira linha da preferência dos consumidores”, concluiu.

  • EVENTO DETERMINANTE PARA A AFIRMAÇÃO DO TERRITÓRIO

Para o presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António de Jesus, trata-se de “um marco importante de afirmação do nosso território, quer naquilo que se prende com a dimensão turística, com a dimensão desportiva e acima de tudo com aquilo que é a atracção a esta Serra do Caramulo de um conjunto de iniciativas e de eventos que lhe dão dimensão e projecção”.

Segundo o autarca, o evento tem um conjunto de condicionantes determinadas pela DGS, havendo um perímetro delimitado na área de partida e chegada, onde se podem acantonar, por dia, 5.000 pessoas.

“Queremos reafirmar o nosso empenho nesta edição, porque entendemos que este marco é determinante para aquilo que é o vector estratégico de afirmação do território e da promoção em concreto desta área do turismo tão importante que estamos a viver, principalmente num período pós-pandemia onde deveremos ainda mais, por essa razão, valorizar eventos como este”, referiu, deixando elogios à organização “pela disponibilidade, grau de compromisso, envolvimento e profissionalismo, que permitiu colocar este evento no patamar em que se encontra hoje em dia”.

  • PROGRAMA PARA TODA A FAMÍLIA

A organização do evento mantém a aposta numa programação abrangente e dirigida ao público em geral e às famílias em particular, que inclui actividades lúdicas, parques infantis insufláveis, gastronomia, bares e zonas chill out com música durante todo o evento.

A Motorlândia Fun Park, um autêntico parque de diversões que, dentro do pavilhão desportivo, contará com a Pista Júnior Prio, uma pista de karts eléctricos, um combóio para crianças, um Gaming Center repleto de jogos e simuladores e de outras atracções, como por exemplo experiências de Realidade Virtual ou a presença da Xbox com vários jogos.

Ao longo de todo o fim-de-semana, o público vai poder ainda deliciar-se com mais um clássico do Motorfestival que atrai todos os olhares: o espectáculo aéreo de aviões clássicos, que conta com modelos históricos pilotados por experientes aviadores, seja em voo de demonstração ou acrobático.

O Museu do Caramulo, a grande referência cultural do Concelho de Tondela e da região Centro, é também uma das atracções do Caramulo Motorfestival, com as suas colecções permanentes de arte, automóveis, motos, bicicletas e brinquedos.

Como já é tradição, o Caramulo Motorfestival recebe uma concentração de veículos militares alemães, ingleses e norte-americanos da Segunda Guerra Mundial, que subirão a Rampa Histórica Michelin em desfile.