DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS – Noite no Museu Terras de Besteiros

Dia Internacional dos Museus – Noite no Museu Terras de Besteiros  *  Rota poético-musical pela história do concelho de Tondela

Dia 18 de Maio, às 21:30

Para quem possa não acreditar que as pedras, o linho e as peças arqueológicas falam, propõem-se uma rota histórica pelo Museu Terras de Besteiros, onde a poesia e a música vão dar voz às memórias de um concelho.

Cada pessoa sente e interpreta a palavra poética e a música de forma íntima e singular, sendo que o espaço e a circunstância influem na apreensão de novos imaginários. A História e as Memórias que lhe estão associadas é uma área do conhecimento que, tal como a poesia ou a música, abrange um leque de descodificação pessoal que ultrapassa o sentido estritamente “concreto”/museológico.

É isto que se propõe ao público, um passeio pelas memórias na companhia da palavra poética e sonora, elementos que, por si próprios, representam os primeiros sinais da vida humana e, consequentemente, elementos dissociáveis da História de cada povo.

Produção artística

TRIGO LIMPO Teatro ACERT

  • DECLAMAÇÃO E TEXTOS ORIGINAIS – José Rui Martins
  • MÚSICOS – Gustavo Dinis (guitarra), Luísa Vieira (flauta, mbira e voz), Miguel Cardoso (contrabaixo)
  • Organização – Câmara Municipal de Tondela

Dia Internacional dos Museus – 18 de maio  

O Dia Internacional dos Museus, anualmente celebrado a 18 de Maio, foi criado em 1977 pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, com o objectivo de promover, junto da sociedade, uma reflexão sobre o papel dos Museus no seu desenvolvimento.

Neste sentido, para 2018, o ICOM propôs o seguinte tema – Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos.

Os museus, enquanto parte integrante das suas comunidades, não podem alhear-se da rede global de conexões que caracteriza a sociedade contemporânea, quer no que respeita ao modo de interpretar e apresentar os seus acervos, quer no que se refere aos meios utilizados para cativar novos públicos. A digitalização das colecções, a presença de elementos multimédia nas exposições ou o ‘hashtag’ são apenas alguns dos recursos proporcionados pelas novas tecnologias.

No entanto, a hiperconectividade dos museus deve ser também entendida no sentido de estes alcançarem uma aproximação mais abrangente aos vários sectores da sociedade, cada vez mais sujeita a transformações, nomeadamente com o aparecimento de novas minorias, grupos étnicos ou instituições locais.

Noite dos Museus

A Noite dos Museus é uma iniciativa criada em 2005, pelo Ministério da Cultura e da Comunicação de França.

Nesta ocasião, os museus portugueses organizam múltiplas actividades – espectáculos de teatro e dança, concertos, visitas guiadas e encenadas, entre muitas outras -, convidando os visitantes a usufruírem, em período nocturno, de uma experiência diferente e certamente enriquecedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »