CD TONDELA PERDE EM BRAGA  mas não perdeu as esperanças de continuar na Liga

Depois da vitória épica da jornada anterior, em que deu a volta ao resultado e venceu por 3-2 o Portimonense, esperava-se que, frente ao Braga, o Tondela fosse uma equipa com o mesmo registo de eficácia, que não foi.

Desta forma, perdeu o duelo perante os arsenalistas, por 3-0, com golos que, em certa medida, nasceram de facilitismos  e falta de rigor. Num jogo em que os auriverdes entraram literalmente a perder, ao sofrer o primeiro golo ainda não estavam cumpridos os 60 segundos iniciais do encontro, a turma treinada por Pepa quase empatou na jogada seguinte, mas não soube concretizar e acabou por sentir em demasia o tento sofrido.

Ao longo da primeira parte, os beirões tiveram muitas dificuldades em parar as incursões dos donos da casa, sem contudo criar qualquer perigo para a baliza de Tiago Sá e, aqui, o intervalo poderia ter sido aproveitado para a rectificação dos erros que cometeram, ao não serem capazes de contrariar o melhor jogo bracarense.

Mas, assim não aconteceu. Os tondelenses que, até entraram melhor no segundo tempo, através de mais um lance infeliz, facilitaram a vitória aos bracarenses, que alargaram a vantagem para 2-0 aos 64 minutos, num remate que bateu no poste e nas costas de Cláudio Ramos antes de entrar na baliza auriverde.

Não obstante os dois golos de desvantagem a turma beirã nunca se entregou e ainda ameaçou com um remate de meia distância de Patrick, no entanto insuficiente para reentrar na luta pelo resultado, que sofreu nova alteração já com seis minutos após os 90′ regulamentares, fechando as contas num 3-0 final.

O Desportivo de Tondela, neste encontro, foi uma “sombra” do jogo com o Portimonense e, quando assim é, as coisas complicam-se. Com este resultado, o Tondela mantém o 15.º posto na I Liga, numa posição acima da “linha de água”, onde há mais duas equipas a lutar para não descerem e o mesmo acontece com outras acima dessa linha. 

Não obstante esta prestação sem rigor, o CDT não baixa os braços e quer rectificar o desaire perante o Braga, já nesta Sexta-Feira Santa, no Estádio João Cardoso, frente ao Boavista, numa partida agendada para as 15h00.

  • JOGO: Estádio Municipal de Braga.
    ASSISTÊNCIA: 10636 ESPECTADORES
    ÁRBITRO: Nuno Almeida
  • AO INTERVALO: 1-0
  • MARCADORES 1-0, Wilson Eduardo (1′); 2-0, Paulinho (64′) e
    3-0, Fransérgio, (90’+6′).
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo a Xavier (24′), Marcelo Goiano (29′), Fransérgio (83′), Jorge Fernandes (84′)
  • ,
  • BRAGA, 3
  • Tiago Sá, Marcelo Goiano (Esgaio, 51′), Bruno Viana, Pablo, Murilo, Claudemir, Palhinha, Wilson Eduardo, Ricardo Horta (Fransérgio, 62′), Paulinho, Dyego Sousa (Trincão, 71′).
    SUPLENTES: Marafona, Esgaio, Ryller, João Novais, Xadas, Fransérgio, Trincão.
    TREINADOR: Abel Ferreira.
  • TONDELA, 0
  • Cláudio Ramos, David Bruno, Jorge Fernandes, Joãozinho, Pité (Moufi, 82′), João Pedro (Patrick Fernandes, 61′), Bruno Monteiro, Delgado (Sergio Peña, 36′), Xavier, Tomané, Jhon Murillo.
    SUPLENTES: Pedro Silva, Moufi, Jaquité, João Mendes, Temebeng, Sergio Peña, Patrick Fernandes;
    TREINADOR: Pepa.
  • RESULTADOS DA JORNADA 29.ª
  • Chaves – Belenenses 2-2
  • Marítimo – Feirense 2-0
  • Rio Ave – Guimarães 2-1
  • Portimonense – Porto 0-3
  • Aves – Sporting 1-3
  • Benfica – Setúbal 4-2
  • Boavista – Nacional 1-0
  • Braga – TONDELA 3-0
  • Santa Clara – Moreirense 1-1
  • PRÓXIMA JORNADA 30.ª
  • Setúbal – Aves
  • TONDELA – Boavista
  • Feirense – Braga
  • Moreirense – Chaves
  • Porto – Santa Clara
  • Setúbal – Portimonense
  • Belenenses – Rio Ave
  • Benfica – Marítimo
  • Nacional – Sporting