CD TONDELA PERDE COM O MOREIRENSE e fica a dois pontos da “linha de água” !!

Na sua deslocação ao relvado do Estádio do Moreirense, em Moreira de Cónegos, o Tondela não logrou a almejada vitória, tendo perdido a partida por 2-0, situação que coloca os beirões em alerta, pois separa-os, apenas, dois pontos da “linha de água”.

Na próxima sexta-feira, o Tondela recebe a visita do Futebol Clube do Porto e, caso de derrota, pode ser ultrapassado na tabela por várias equipas, todas com os mesmos pontos.

Depois desse jogo, os beirões têm duas deslocações difíceis, ao Nacional da Madeira, que já recuperou da goleada (10-0) do Benfica e ao Setúbal.

No jogo na vila do Moreira de Cónegos, os tondelenses até tiveram mais posse de bola 51,6% contra 48,4 dos locais. Desfrutou de 9 cantos e o Moreirense 7, que transformou um em golo. Ao contrário do grupo da casa, as substituições operadas por Pepa, não resultaram em nada positivo, já que, Arango (58’), Jhon Murillo (64’) e João Pedro (78’), nada trouxeram de novo à equipa.

Ainda referir que a linha defensiva foi imensamente permissiva, “facilitando”, abertamente, o trabalho de Texeira, aos 44’ e de Bilel Aouacheira (84’).

O Moreirense, com este resultado, vai segurando o 5.º lugar, que lhe permite sonhar com a Europa, além, de que foi a primeira vitória contra o Tondela no seu reduto em todos os jogos ali disputados na I Liga.

“O futebol é golos”

Por seu turno, a equipa beirã, apenas se pode queixar, desta vez, de si própria, pois não foi eficaz, tanto no ataque como na defesa.

O técnico do CDT, antes do encontro, até tinha afirmado que o futebol “é golos”, é o que “dá vida ao futebol” e que, “queremos dar vida e saúde ao futebol”.

Neste encontro, assim não aconteceu. O CDT não teve golos nem futebol, pelo menos um futebol igual àquele que praticou com o Sporting (apenas com 10 jogadores) e o Guimarães.

  • JOGO: Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos
  • ÁRBITRO: Rui Costa
  • ASSISTÊNCIA: 2090 pessoas
  • AO INTERVALO: 1-0
  • MARCADORES: Teixeira (44’) e Bilel Aouacheira (84’)
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo para Arsénio (27’), R. Halliche (60’) e Jorge Fernandes (83’)

MOREIRENSE, 2 (4x2x3x1)

  • Jhonatan; João Aurélio, R. Halliche, Ivanildo Fernandes e Rúben Lim a;  Neto e Fábio Pacheco; Arsénio (Bilel Aouacheira 81’), Chiquinho (Ibrahima Camará 87’) e Heriberto Tavares ( P. Rodriguez 72’) e Teixeira.
  • NÃO UTILIZADOS: Pedro Trigueira, Nenê, Bruno Silva e A’Dalberto.
  • TREINADOR: Ivo Vieira.

 TONDELA, 0 (4x4x2)

  • Cláudio Ramos; F. Moufi, Ricardo Costa, Jorge Fernandes e Joãozinho; J. Delgado (Jhon Murillo 64’), Tembeng (Arango 58’), Jaquité e Xavier; Tomané e Sérgio Peña.
  • SUPLENTES NÃO UTILIZADOS: Pedro Silva, Pité, João Reis e Ricardo Alves.
  • TREINADOR: Pepa.

RESULTADOS da 22.ª JORNADA

  • Chaves – Boavista 1-1
  • Rio Ave – Santa Clara 1-2
  • Nacional – Feirense 4-0
  • Belenenses – Marítimo 0-1
  • Guimarães – Portimonense 2-0
  • Moreirense – TONDELA 2-0
  • Sporting – Braga 3-0
  • Aves – Benfica 0-3
  • Porto – Setúbal 2-0

JORNADA 23.ª

  • TONDELA – Porto (sexta – 21h00)
  • Portimonense – Aves
  • Braga – Belenenses
  • Setúbal – Guimarães
  • Benfica – Chaves
  • Boavista – Rio Ave
  • Santa Clara – Nacional
  • Feirense – Moreirense
  • Marítimo – Sporting