TONDELA FICA A “RESPIRAR” MELHOR com a vitória sobre o Boavista na fuga à despromoção

O Tondela venceu esta tarde, em casa, o Boavista por uma bola a zero, um golo que acabou por ser atribuído a Sparagna, jogador da equipa adversária. O resultado descansa, mais um pouco, os beirões, que agora têm 31 pontos.

No final da partida, Pepa, treinador do Tondela, não teve dúvidas em afirmar que a entrada da sua equipa na primeira parte foi das “melhores” que tiveram no Campeonato.

“Tivemos uma boa casa que nos apoiou, mas tenho de realçar a atitude dos jogadores com cabeça fria e coração quente. Estivemos organizados, com critério”, salientou o técnico.

A segunda parte da partida foi “mais complicada”, algo que Pepa já estava à espera. “Sabíamos que seria mais difícil, sofremos, mas nesta altura do campeonato temos de estar sempre ligados ao jogo“, disse. 

Esta foi a segunda vitória consecutiva em casa do Tondela que vinha de uma derrota na última jornada frente ao Braga. Com 31 pontos e acima da linha de água, mas não podendo ser uma equipa descansada, o treinador sabe que, “independentemente do que os adversários façam, temos de fazer o nosso e foi isto o que fizemos”. 

Na próxima jornada o Tondela (14.º lugar) vai defrontar o Marítimo que, com menos um jogo, tem 33 pontos.

Já o treinador do Boavista, equipa que ocupa agora a 13.ª posição com 32 pontos, no final do jogo no Estádio João Cardoso, lamentou que depois do trabalho que os seus jogadores fizeram, “só faltou mesmo o resultado”.

“A equipa trabalhou e procurou vencer. Acima de tudo fomos infelizes na finalização. Criámos muitas situações de golo para poder ganhar o jogo”, disse Lito Vidigal. (1)

  • (1) Jornal do Centro

Outros resultados: Setúbal – Portimonense 1-1; Nacional – Sporting: a decorrer

NOTA: Notícia em actualização.