DESPORTIVO DE TONDELA VOLTA A PERDER E A COMPROMETER A MANUTENÇÃO

Ao averbar uma nova derrota, frente ao Marítimo, de Petit, por 2-0, o Clube Desportivo de Tondela volta a comprometer a manutenção, vendo o Boavista, o Portimonense, o Aves e o Chaves, a fazerem pela vida.

O Tondela perdeu pontos em casa com quem não devia e agora, com apenas três jornadas para disputar, tudo é mais complicado e com maior pressão. Deste modo, a luta vai ser grande, na fuga à despromoção e, se a equipa auriverde não vencer na próxima jornada frente ao Santa Clara, é certo que tudo se complica nas duas últimas jornadas, em que se desloca a Alvalade e recebe o Chaves na ronda derradeira, onde tudo pode acontecer.

O Tondela necessita de duas vitórias, para fazer 37 pontos. Se fizer apenas uma, é curto, pois ficaria com apenas 34 pontos. E mesmo uma vitória e um empate (35 pontos) pode não chegar.

No joga da Madeira, em que a eficácia ditou as regras, a equipa treinada por Pepa foi por vários momentos superior no encontro, mas não conseguiu concretizar as oportunidades criadas, nas quais esteve em grande nível o guarda-redes dos madeirenses a evitar várias situações de golo.

É dos livros. Quem não marca, sofre. De resto, nestas coisas do futebol e dos golos, há uma coisa que se chama eficácia e o Tondela não a teve.

Os golos dos insulares surgiram em momentos cruciais (33 e 83 minutos), ambos, em ocasiões em que os metropolitanos estavam por cima do encontro.

Com mais este desaire, o Desportivo de Tondela mantém os 31 pontos, tendo já em mente o duelo do próximo domingo (5 de Maio) frente ao Santa Clara, dos Açores, um clube que já está fora das confusões de quem fica e de quem desce.

ULTIMAS TRÊS JORNADAS

  • TONDELA – Santa Clara
  • Sporting – TONDELA
  • TONDELA – Chaves
  • JOGO: Estádio do Marítimo (Madeira)
    ASSISTÊNCIA: Cerca de 5000 espectadores
    ÁRBITRO: Hugo Miguel
  • AO INTERVALO: 1-0
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo a Correa (75′), Douglas Grolli (77′);
    MARCADORES: 1-0 Edgar Costa, 33′; 2-0 Correa, 83′

Marítimo, 2

Charles, Nanu, Zainadine, Douglas Grolli, Rúben Ferreira (Bebeto, 46), René Santos (Vukovic, 73), Fabrício, Correa, Edgar Costa (Pelágio, 89), Getterson e Joel.
SUPLENTES: Amir, Bebeto, Lucas Áfrico, Vukovic, Pelágio, Barrera e Rodrigo Pinho).
TREINADOR: Petit.

TONDELA, 0

Cláudio Ramos, David Bruno, Ícaro Silva, Jorge Fernandes, Joãozinho, João Pedro (Sergio Peña, 60′), Bruno Monteiro, Murillo, Xavier (Pité, 60′), Tomané, Patrick (Delgado, 71′);
SUPLENTES: Pedro Silva, Ricardo Costa, João Mendes, Jaquité, Sergio Peña, Pité, Delgado;
TREINADOR: Pepa.

RESULTADOS DA JORNADA 31.ª

  • Braga – Benfica 1-4
  • Portimonense – Feirense 1-0
  • Sporting – Guimarães 2-0
  • Rio Ave – Porto 2-2
  • Aves – Belenense 3-0
  • Boavista – Moreirense 3-1
  • Chaves – Nacional 4-1
  • Santa Clara – Setúbal 0-0
  • Marítimo – TONDELA 2-0

PRÓXIMA JORNADA 32.ª

  • Porto – Aves
  • Setúbal – Boavista
  • Marítimo – Braga
  • Feirense – Chaves
  • TONDELA – Santa Clara
  • Belenenses – Sporting
  • Benfica – Portimonense
  • Guimarães – Nacional
  • Moreirense – Rio Ave

AVISOS DO CDT PARA O JOGO TONDELA – SANTA CLARA

A SAD do Tondela quer o estádio João Cardoso bem composto para o apoio da massa associativa e simpatizantes na recepção do Tondela ao Santa Clara.

Por isso os sócios terão entrada livre e ainda direito a levantar um convite de acompanhante.
Os lugares anuais e cativos poderão levantar dois convites.
Todas as Mães terão igualmente entrada livre, tendo apenas que levantar o respectivo convite na Loja CDT.
Já os participantes da Meia Maratona de Tondela (que se corre na manhã de dia 5 de maio), podem levantar o seu convite, bastando para tal apresentar na Loja CDT o seu dorsal da prova.
Para o público em geral o bilhete terá um custo de apenas 5€.
Contamos convosco para conquistarmos os três pontos. Vamos jogar por vocês rumo ao objectivo porque tal como disse o nosso treinador Pepa “isto ainda não acabou”!