O CONCELHO DE TONDELA NÃO ESTÁ INCLUÍDO NA REDE ESTRATÉGICA DE POSTOS DE ABASTECIMENTO (REPA)

O Município de Tondela solicitou, no dia 2 de Agosto, à Entidade Nacional para o Sector Energético (ENSE) que diligencie, com carácter de urgência, no sentido de incluir pelo menos dois postos de abastecimento de combustíveis na Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA). 

A 30 de Julho, o Município de Tondela recebeu da Associação Nacional de Municípios Portugueses a lista de postos de postos de abastecimento de combustíveis que figuram na Rede Estratégica de Postos de Abastecimento de Combustível Rodoviário, tendo constatado, com estranheza, que não estava contemplado qualquer posto de combustível no concelho de Tondela. 

“É urgente que se diligencie no sentido desta rede ser alterada. É incompreensível que o concelho de Tondela não seja contemplado com um único posto de abastecimento nesta Rede Estratégica de Postos de Abastecimento de Combustível Rodoviário”, considerou o presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus. 

No seu entender, o concelho deve ter pelo menos dois postos de abastecimento incluídos na REPA: um localizado na zona da cidade Tondela e outro na vila do Caramulo. 

Na carta enviada à ENSE, o presidente da Câmara sublinha que o concelho de Tondela é o segundo maior do distrito de Viseu (371.22 Km2), com cerca de 30 mil habitantes distribuídos por um território de diferentes condições geográficas e socioeconómicas, que interferem na capacidade e necessidades de mobilidade e, consequentemente, na necessidade e condições de acesso aos postos pertencentes à REPA. 

“No concelho de Tondela estão localizados diversos postos de abastecimento de combustíveis, de diferentes marcas, estando todos eles referenciados no Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil. Não se compreende que, perante tanta opção, nem uma seja considerada na REPA”, lamentou.

O presidente da Câmara de Tondela evidenciou ainda que o concelho de Tondela é atravessado por cerca de 20 quilómetros de IP3, com vias municipais de acesso à A25, para além de contar com duas zonas industriais, onde estão implantadas grandes empresas com um número superior a 4 mil trabalhadores.

“Temos um hospital, várias instituições de solidariedade social que prestam apoio domiciliário, o tribunal, a sede da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, duas corporações de Bombeiros Voluntários, o Aterro Sanitário que serve 19 municípios, uma estância termal, várias farmácias. É imprescindível que Tondela figure urgentemente nesta rede”, concluiu.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »