ESTUDO FITOSSANITÁRIO E AVALIAÇÃO DE RISCO A 17 PINHEIROS-MANSOS NA CIDADE

O Município de Tondela solicitou um estudo fitossanitário e de avaliação de risco aos 17 pinheiros-mansos, que se encontram localizados no Bairro das Cumeeiras, na cidade de Tondela.

Com esta avaliação, levada a cabo pela empresa Tree Plus, Lda uma Spin-off do Departamento de Ciências Florestais e Arquitectura Paisagística da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douto, pretende-se determinar, a partir da avaliação técnica e científica, qual a intervenção mais adequada para cada uma destas árvores.

De acordo com o vereador da Protecção Civil da Câmara Municipal de Tondela, os resultados desta avaliação serão conhecidos até ao final do corrente mês de Janeiro.

“Como se trata de árvores monumentais e de grande história naquele espaço, importava solicitar uma avaliação fitossanitária e de risco, para que a intervenção a realizar seja suficientemente informada e sustentada em pressupostos técnicos e científicos, salvaguardando a segurança, mas também o impacto na paisagem urbana que qualquer intervenção naquele espaço, naturalmente, acarreta”, explicou.

O relatório com avaliação terá em linha de conta a condição de segurança pela biomecânica da árvore, considerando as avaliações de campo e os resultados laboratoriais.

No relatório podem ainda ser consideradas propostas de melhoria no domínio da Arquitectura Paisagística.