FLASHES DA CIDADE  na objectiva do repórter ZÉ BEIRÃO

Ribeira do Carvalhal de Tondela requalificada

  • RIBEIRA DO CARVALHAL DE TONDELA
  • REQUALIFICADA PELA
  • JUNTA DE FREGUESIA 

Ribeira do Carvalhal com dignidade

Apesar da chuva que se fez sentir durante o dia, foi inaugurada, ao final da tarde deste último sábado, dia 21 de Setembro, a requalificação da ribeira do Carvalhal de Tondela que, até agora, era uma autêntica cloaca, onde até se “passeavam” as ratazanas, tanto à luz do dia, como nas brumas das noites.

Trata-se, de acordo com a Junta de Freguesia de Tondela/Nandufe, de “uma obra digna de relevo, pela forma, conteúdo e aproveitamento realizado”.

“A beleza estética e o conceito de baixo custo, aliado ao cuidado em deixar uma sustentada pegada ecológica, mostra, como o aproveitamento dos materiais, em conjugação com a mãe natureza, pode ser tão benéfica”, adianta a autarquia menor da cidade.

Francisco Coutinho – presidente da Junta da Cidade

De acordo com o que disse o presidente daquela entidade, Francisco Coutinho, em entrevista aos jornalistas, a trilogia simbolizada nos monólitos da obra de requalificação da ribeira do Carvalhal, significa “humildade, proximidade e honestidade”.

Após a cerimónia de inauguração, seguiu-se um lanche convívio, nas instalações do Centro Social Cultural Desportivo e Recreativo do Carvalhal de Tondela.

Têm sido muitos, os tondelenses que, alertados pela comunicação social, vão, in loco, verificar a beleza da obra e a transformação de um local que envergonhava aquele bairro da cidade.

A obra, com os projectos do arquitecto João Rei a serem oferecidos, orçou em 50.000 euros, sendo realizado um trabalho notável de limpeza e remoção de lixo, vedação em granito, quedas de água, árvores, arrelvamento, duas mesas de bom granito, bancos e iluminação solar/led.

O espelho de água, onde foram lançados alguns peixes coloridos, até está preparado para que, os bombeiros, em caso de necessidade, possam recolher, ali, o precioso líquido, que nunca deverá ser perdido, mas sempre aproveitado, quanto mais não seja para regas e limpezas.

UMA CIDADE FAZ-SE COM TODOS

Trabalho bonito

Neste caso, por exemplo, está o grande e populoso bairro do Alto do Pendão, onde os seus moradores, especialmente os menos jovens, nada têm quando, na verdade, existem ali locais que, bem aproveitados, servirão que nem uma “luva” ao que as pessoas desejam.

Por vezes, vou escrevendo que a cidade se faz com todos e, neste todos, se encaixa a Câmara Municipal de Tondela, a Junta de Freguesia, as associações, os investidores, os amigos, os mecenas e os tondelenses em geral. 

Outras obras de “proximidade” pensa realizar a Junta, uma vez que a freguesia e cidade têm mais bairros, onde logradouros, mesmo sem águas correntes, são necessários, de modo a que as pessoas se possam juntar, para que as suas vidas sejam mais preenchidas e alegres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »