CD TONDELA CONTINUA DE PRIMEIRA

Ao ir derrotar o Moreirense, no seu estádio, na derradeira jornada da I Liga de Futebol, o Desportivo de Tondela garantiu a manutenção, condenando à descida o Portimonense, de parceria com o já despromovido Desportivo das Aves.

A jornada n.º 34 era aguardada com grande expectativa, pelos imponderáveis que envolvia, pois estavam em jogo os clubes que iriam ficar com o 3.º posto na tabela (Braga ou Sporting), os que disputavam o acesso às ligas europeias (Rio Ave ou Famalicão) e os que poderiam, eventualmente, acompanhar o Aves na descida à II Liga.

Esses, eram o Clube Desportivo de Tondela, o Vitória de Setúbal ou o Portimonense. Todos fizeram pela vida para se safarem, ganhando os encontros com os seus adversários. Contudo, mesmo vencendo o jogo, o emblema de Portimão, com um ponto a menos do que o clube sadino, não evitou a queda.

O Belenenses já tinha 35 pontos, estando, por isso, já fora da descida, pelo que, perder com o Setúbal, não lhe causou engulhos. Ao Setúbal, com efeito, de muito lhe valeu o ponto conquistado dias antes, no estádio do Sporting.

Quanto ao Tondela, fez o que lhe competia, vencer o encontro frente ao Moreirense, mesmo que um empate lhe servisse na perfeição. Houve muita alegria da parte daqueles que são tondelenses verdadeiros e choro e ranger de dentes daqueles que são, sabe-se lá por quê, inimigos de Tondela e do seu Desportivo e, muitos deles, da própria cidade, a eterna capital da Terra de Besteiros.

Duas grandes penalidades convertidas por João Pedro e Pepelu, garantiram, ao CD Tondela, o direito de, pela 6.ª vez, participar no campeonato maior de Portugal e colocar o interior do país no mapa, ao nível desta competição, que tanto prestigia e valoriza o concelho de Tondela.

  • JOGO: Parque Desportivo de Moreira de Cónegos (Guimarães)
  • ÁRBITRO: Luís Godinho (Évora)
  • AUXILIARES: Rui Teixeira e Valter Rufo
  • RESULTADO AO INTERVALO: 0-1
  • MARCADORES: João Pedro (45’ gp), João Aurélio (70´) e Pepelu (90´gp)
  • DISCIPLINA: Cartão amarelo para Toro (27’), Abdu (44’), Steven Vitória (88’), Pedro Nuno (94’) e Murillo (95’)

MOREIRENSE, 1

  • Pasinato; Steven Vitória, Haliche, João Aurélio, Nuno Santos, Mané, Alex Soares (Filipe Soares 62), Gabrielzinho (Pedro Nuno 84), Fábio Abreu (Nené 84) e Luther.
  • NÃO UTILIZADOS: Trigueira, Rosic, Dalberto, Fábio Pacheco, Ibrahima e luís Machado.
  • TREINADOR: Ricardo Soares.

TONDELA, 2

  • Niasse; Tiago, Philipe Sampaio, Yonan  Tavares, Moufi, Murillo, Jaquité, Pepelu, João Pedro (Richard 80), Strkalj (Ronan 67) e Jonathan Toro (Valente 46).
  • NÃO UTILIZADOS: Diogo Silva, Petkovic, Jota, João Reis, Rúben Fonseca e Arcanjo.
  • TREINADOR: Natxo González.

RESULTADOS DA ÚLTIMA JORNADA (34)

  • Santa Clara – Guimarães 2-2
  • Gil Vicente – P. Ferreira 3-3
  • Marítimo – Famalicão 3-3
  • Boavista – Rio Ave 0-2
  • Benfica – Sporting 2-1
  • Braga – Porto 2-1
  • Portimonense – Aves 2-0
  • Setúbal – Belenenses 2-0
  • Moreirense – TONDELA 1-2

NOTA: Na classificação final, o Sporting perdeu o 3.º lugar, graças à derrota com o Benfica e da vitória do Braga, frente ao Porto, não conseguindo o técnico Rúben Amorim os objectivos a que se propôs, trocando o Braga pelo clube de Alvalade.

De qualquer modo, sentiu-se “feliz”. É claro, que os milhões a isso levam…

CLASSIFICAÇÃO FINAL