MORREU O MAIOR HUMANISTA DE SEMPRE DO CONCELHO DE TONDELA

Luto municipal em homenagem a João Almiro

Já com provecta idade, faleceu no dia 28 de Setembro, o Dr. João Almiro de Melo Meneses e Castro (João Almiro), bem conhecido em todo o país, pelos actos de pura benemerência em prol dos rejeitados da sociedade

E tantos jovens que seguiam caminhos de droga e prostituição, puderam salvar-se, graças a João Almiro, doando-se aos deficientes e abandonados, tirando-os da sarjeta onde se encontravam.

Foi um pai verdadeiro para todos eles. Fundou o Convívio Jovem e os Andorinhos e teve papel preponderante na Santa Casa da Misericórdia de Campo de Besteiros, com sede na Ladeira, de Castelões, largando tudo para se dedicar a tempo inteiro aos outros.

Enquanto uns amealham fortuna e vivem na mais sumptuosa existência, abastança e ostentação, João Almiro deixou tudo, negócios e família, riqueza, para estar, de corpo e alma, disponível e solidário na ajuda ao seu semelhante.

Morreu um Homem Bom e o concelho de Tondela e o país ficaram mais pobres, deixando um vazio que ninguém preencherá.

“Beirão Online” e o seu director, amigo pessoal de João Almiro e seu admirador, apresenta a toda a vasta família enlutada, as suas mais sentidas condolências

“AO SERVIÇO DAS PESSOAS”

Em comunicado enviado à nossa Redacção, o Município de Tondela diz associar-se nesta hora de pesar, à sentida homenagem, à vida e obra do Dr. João Almiro.

Autarca que desempenhou as funções de vereador, de presidente de junta da freguesia de Campo de Besteiros, em diferentes mandatos, deixa uma obra por todos reconhecida ao serviço das pessoas e do concelho.

De igual forma, a sua matriz humanista e solidária, levou-o a dedicar-se aos desprotegidos e carenciados.

Ao longo deste tempo, cuidou daqueles, que beneficiaram do seu apoio, como se de filhos seus se tratassem, dando-lhes o conforto, a protecção e o carinho que a sociedade lhes negou.

Por todas estas razões, a Câmara Municipal de Tondela declarou o dia 29 de Setembro como dia de luto municipal, em homenagem de tão ilustre cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »