A IMPRENSA E TONDELA ESTÃO DE LUTO – MORREU O JORNALISTA JORGE LEITÃO

????????????????????????????????????
Jorge Leitão – desenho de Zé Beirão

Chegou-me, na tarde de hoje (13 de Janeiro) a notícia de um infausto acontecimento: a morte, ontem, em Lisboa, do meu querido amigo e confrade, Artur Jorge do Amaral Leitão.

Jorge Leitão, para os amigos, era o nome com que assinava a sua vasta colaboração que prestou, durante muitos anos, para o semanário “Folha de Tondela”, do qual chegou a ser Director-adjunto.

Doente, retirando-se para Lisboa, há sensivelmente dois anos, em casa de sua filha, morria de saudades da sua terra e da cidade, com quem, várias vezes, trocava ideias telefonicamente, mostrando, sempre, a sua simpatia por Tondela e a sua imensa vontade de regressar.

A imprensa de Tondela e a região, estão de luto, pelo passamento de figura tão boa, tão prestável, cordata e amiga.

Era natural de Santiago de Besteiros e irmão do Dr. Rui do Amaral Leitão, homem de sólida cultura que exerceu, entre outros cargos, o de Director-geral e Secretário-geral na Secretaria de Estado e no Ministério da Cultura (1980/98) e sócio efectivo de número do Instituto Português de Heráldica, co-autor do livro “Concelho de Tondela – Heráldica | História | Património”, editado em 2017.

Era um grande e leal companheiro das lides jornalísticas do concelho de Tondela, com quem era gratificante trocar ideias sobre temas, os mais diversos, com destaque para os relacionados com o desenvolvimento da cidade e do seu concelho.

Foi um grande patriota e companheiro das comemorações do 1.º de Dezembro em Tondela, durante muitos anos.

Morreu um Homem Bom. Paz à sua alma.

A toda a família enlutada, apresentamos as nossas mais sentidas condolências.

MISSA DE SUFRÁGIO

Na segunda-feira, dia 21 de Janeiro, realiza-se na Igreja Matriz de Tondela, pelas 18h30, uma missa de sufrágio pela alma deste grande tondelense que, em todos nós, deixa imensas saudades 

—————————————————————————–

NOTA: Pela altura do lançamento do meu livro “CARAMULO – a magia da serra e das gentes”, em 2017, tive oportunidade de oferecer a Jorge Leitão, apresentador do livro e do autor, o desenho em quadro, que aqui se publica.