UNIVERSIDADE DO PORTO DESENVOLVE PROJECTO DE SOFTWARE para cadastro florestal

No seguimento dos incêndios de 15 e 16 de Outubro de 2017, o departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP – DEI), contactou o Município de Tondela, no sentido de perceber de que maneira poderia ajudar a prevenir situações como as ocorridas.

Depois de algumas conversas com o Município de Tondela, ficou estabelecido que no quadro dos Laboratórios de Gestão de Projectos (LGP), que decorrem no mestrado em engenharia informática, uma equipa de alunos iria trabalhar no sentido de ajudar a desenvolver software e aplicações para resolver um dos grandes problemas deste território, mas também de todo o país, que é o cadastro florestal.

Assim, em estreita ligação com o Grupo de Intervenção Prevenção e Socorro (GIPS) da GNR, têm decorrido um conjunto de acções, envolvendo os diferentes atores, de forma-a-que se possa atingir um protótipo funcional para esta situação.

“É uma oportunidade única a possibilidade de termos uma equipa de alunos de uma faculdade de referência, a nível internacional, a ajudar-nos na definição de ferramentas que a todos possam ajudar na prevenção. Contar com a colaboração de instituições como a FEUP revela-se uma ferramenta fundamental para a estratégia a desenvolver no futuro”, destacou o vereador da Câmara de Tondela, Miguel Torres.

Este projecto intitula-se Floresta Segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »