ANA ABRUNHOSA É A NOVA MINISTRA DA COESÃO TERRITORIAL

Ana Abrunhosa (arquivo)

Ana Abrunhosa é a nova ministra da Coesão Territorial, um novo ministério com que o Governo pretende reforçar o trabalho da Secretaria de Estado da Valorização do Interior, criada no último executivo e que foi instalada em Castelo Branco.

A nova ministra foi até agora presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional da Região Centro, da qual faz parte o distrito de Castelo Branco.

Ana Abrunhosa destacou-se, nestes dois últimos anos, no complexo processo de reabilitação das casas que o fogo de 2017 destruiu na região centro, trabalhando, com determinação e empenhamento, ao lado dos presidentes de Câmara.

No caso concreto de Tondela, o elenco de José António de Jesus, mostrou o seu reconhecimento para com a dirigente, distinguindo-a com a medalha de ouro de mérito Municipal. durante a sessão do Feriado Municipal, no âmbito da FICTON 2019.

O Primeiro-Ministro António Costa entregou esta terça-feira (15 de Outubro) ao Presidente da República a constituição do novo Governo, onde permanecem muitos dos nomes do anterior elenco.

Maria do Céu Albuquerque, a antiga presidente da Câmara Municipal de Abrantes, é a nova ministra da Agricultura, depois de ter sido secretária de Estado do Desenvolvimento Regional.

O novo Governo tem 19 ministros e também já são conhecidos três secretários de Estado, faltando ainda saber se a secretaria de Estado instalada em Castelo Branco se vai manter em funcionamento.

A posse deverá acontecer na próxima semana.

“BEIRÃO ONLINE”, que conta na pessoa de Ana Abrunhosa, uma amiga, apetece à nova ministra, as maiores facilidades e felicidades no seu novo cargo, em prol da coesão territorial e do desenvolvimento do centro do país, mormente, os concelhos mais afectados pela desertificação, onde, em parte, Tondela se conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »