MAU TEMPO NA REGIÃO LEVOU AO CORTE DO IP 3 E À DESTRUIÇÃO DA PONTE SOBRE O RIO MAU EM RIO MILHEIRO

ÚLTIMA HORA

O mau tempo que se tem feito sentir em todo o país e também na nossa região das Beiras, tem causado vários estragos de monta em estruturas rodoviárias

Deste mod0, para além dos estragos já contabilizados até ao momento na mesma região, aqui publicados, há a registar o corte do IP 3 (Itinerário Principal), na zona de Penacova, causando, por isso, imensos transtornos aos utilizadores desta via, que é vital entre Coimbra e Viseu.

Isto porque os desvios são longos e levarão ao congestionamento, por exemplo, da Estrada Nacional entre Mortágua e Mealhada, uma vez que estes dois distritos ainda não têm uma auto-estrada entre si, embora anunciada três vezes pelo Governo Sócrates e nunca concretizada.

  • PONTE SOBRE O RIO MAU
  • NO RIO MILHEIRO

Devido às enxurradas por força da chuva que tem fustigado a região, através de ventos fortíssimos, acabou por ruir, esta menhã (21 de Dezembro) a ponte sobre o Rio Mau, que divide os concelhos de Mortágua e de Tondela, na estrada que serve o Aterro Sanitário do Planalto Beirão, que funciona para 19 concelhos dos distritos de Viseu, Coimbra e Guarda.

Segundo as últimas notícias dadas pela CMTV, parte dos moradores da povoação do Rio Milheiro, freguesia do Sobral, estão impedidos de dar assistência aos gados que dispõem já em território do concelho de Tondela, nomeadamente, da freguesia do Barreiro de Besteiros.

É um assunto para as autoridades dos municípios de Tondela e de Mortágua que, rapidamente, terão de accionar os apoios para esta obra, uma vez que que os agricultores têm de percorrer 20 ou 30 quilómetros para se dirigirem aos terrenos onde têm os seus animais, quando, na verdade, estão a pouco mais de 100 metros das suas casas.