TONDELA BRANCOS DÃO – um certame que fica e se valoriza

ZÉ BEIRÃO  –  Com realização marcada no aprazível e belo Parque Urbano, no último fim-de-semana (6 e 7 de Julho), o “Tondela Brancos Dã0”, é um evento que ganha escala a nível regional e nacional, com a chancela do Município de Tondela.

Durante dois dias, seis marcas de vinhos do concelho de Tondela estiveram à prova dos apreciadores que, sobre eles, iam deixando rasgados elogios, o mesmo acontecendo com os vinhos provenientes das restantes regiões convidadas a participar no certame, nomeadamente, Douro, Bairrada e Região dos Vinhos Verdes.

No espaço dedicado à restauração, a aderência do público foi grande, onde se juntaram mesas de amigos de longa data, em franca cavaqueira e ripanço, sendo degustados excelentes petiscos, com desataque para o bacalhau, tudo bem regado com os brancos de Tondela que são, sem dúvida, os melhores da região do Dão.

Chefs de cozinha de renome, através dos seus “Showcookings”, igualmente fizeram as delícias de quem gosta deste tipo de eventos, onde se conjugam a restauração, a amizade e o convívio salutar, neste caso, com a visita amiga de uma brisa suave, refrescante, que ia soprando das bandas da serra do Caramulo, a beijar a capital da terra de Besteiros e de todo o concelho.

Os dois dias do evento, em termos musicais, foi marcado pela actuação da “Banda MR. Cello”, “Banda Trio Paulo Lima Double Jazz” e a cantora “Ana Bacalhau Road Show, que foram muito apreciados, sendo certo que os patrocinadores foram a Prio Energy, Gialmar, Rui Costa e Sousa & Irmão, Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, Turismo Centro de Portugal, Escola Profissional de Tondela e a CVR do Dão.

  • EVENTO PROMOVE OS VINHOS BRANCOS
  • DE TONDELA

Na primeira tarde do evento, o presidente da Câmara Municipal, José António de Jesus, com os vereadores, outros convidados e a comunicação social, deu uma volta por todos os produtores, conversando com eles e provando os seus vinhos, que mereceram justos encómios.

Na circunstância, o chefe do executivo quis lembra que “temos aqui presentes quatro regiões demarcadas, através de 21 produtores, alguns a representarem mais do que a sua própria marca. São várias as opções que aqui estão e  alguns já não é a primeira vez que cá estão”.

“Como abemos, este evento centra-se na promoção dos vinhos brancos e em particular dos vinhos do Dão. Entendemos que era fundamental haver sempre a possibilidade da comparabilidade e, sendo os vinhos do Dão, a referência principal, queremos também que ocorra neste contexto, a possibilidade de haver a comparação com outras marcas, com outras castas, com outras regiões. Essa experiência está a ser extremamente interessante, por ser enriquecedora e a experiência que também nos vai chegando, é de contentamento por parte de todos os produtores e isso é muito significativo”, sustentou o autarca.

  • PRODUTORES COM ÁREAS DE ENOTURISMO
  • PARA PROVAS

O presidente da Câmara explicou que “temos a particularidade de ter aqui cinco produtores do concelho de Tondela, destes, alguns, que recentemente, vieram a desenvolver a sua actividade, aliás, está aqui um produtor que é a primeira vez que está aqui com o seu produto que, nos últimos anos, veio a incrementar a sua dinâmica empresarial em produção e também vamos sentindo que começa a ganhar cada vez mais força a necessidade destes próprios produtores passarem a ter áreas de enoturismo, valorizando as salas de prova, áreas complementares àquilo que é a sua actividade de produção”.

Também é relevante “sabermos que neste momento, a generalidade destes produtores já têm canais de exportação significativos, ou seja, já não estão só a olhar para o mercado nacional e isso é importante, mas também já têm uma perspectiva de projecção externa, ganhando mercado, ganhando competitividade e ganhando muita qualidade”, enfatizou.

Lembrou que era indiscutível que todos reconhecem a excepcionalidade deste território para a produção de vinhos brancos, “pela sua altitude, pela humidade, pela acidez dos solos, ora isto cria uma característica única e tão especial para que tenhamos aqui, dos melhores vinhos brancos e não é de estranhar que nos últimos anos os prémios atribuídos no Dão, tenham sido a vinhos produzidos neste nosso concelho, nesta nossa região.

  • AGENTES ECONÓMICOS DO CONCELHO COM GRANDE PROJECÇÃO
  • NO PAÍS ASSOCIADOS AO EVENTO

José António de Jesus deixava claro que, ”conjugados todos estes aspectos, a virtude desta iniciativa, nos reconforta, sabendo que estamos a fazer um percurso adequado, ambicioso. Este ano, com mais um dia, estamos a alargar a sábado e a domingo, precisamente porque a estrutura que está aqui criada, deve espelhar uma escala regional para que as várias entidades possam estar presentes e também o público, de uma forma geral, possa ter contacto com estes produtos, experimentando e vivenciando, associando a cultura à gastronomia, como sejam produtos do sector primário, também do sector da pesca, quer as conservas quer o bacalhau, estão associados a esta iniciativa, cruzando aqui múltiplos agentes económicos no nosso concelho e com grande projecção no âmbito do país”.

O autarca referiu que estão a aumentar as áreas de produção no concelho, que há mais produtores, que há mais projectos com vinhos de marca própria, que há mais exportação. “Isto não deixa de ter um valor económico que vai muito para além do número de presenças que por aqui passem”.

  • CERTAME PASSARÁ PARA O PARQUE TECNOLÓGICO
  • E DE EMPREENDEDORISMO

“Nestes projectos (de índole económica) a reacção não é imediata, os sinais que se começam a sentir são sustentados e levam-nos a concluir que o projecto da promoção dos vinhos brancos e da valorização económica, está a dar resultados e vai continuar a dá-los”, avançou o edil.

“Estamos também a ultimar todas as peças concursais para que o Centro Tecnológico e de Empreendedorismo, localizado no antigo edifício da Federação dos Vinicultores do Dão, para que no futuro possa ser um espaço privilegiado para acolher este evento e, portanto, as características e as condições terão tendência para vir a ganhar escala, projecção e maior dinamismo, naturalmente”, concluiu.

De referir que, naquela altura, o presidente do Município teria proposto um brinde aos excelentes vinhos brancos do Dão de Tondela que, como se sabe, devem ser bebidos frescos e óptimos para acompanhar, especialmente com bacalhau e outros peixes, produtos fartamente comercializados na cidade, tanto pelo “Sr. Bacalhau”, como pela “Gialmar”, que ali estiveram representados por Rui da Costa e Sousa e Gilberto Coimbra.

Para além da presença de tantos amigos, entre eles o Mário da EMAG – Equipamentos Mário Agostinho, destaque, ainda, para a mostra e prova dos queijos e enchidos locais, com os quais foram acompanhadas as diversas provas de vinho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »