Presidente do Município de Tondela na sessão evocativa do Dia do Centro Hospitalar Tondela-Viseu

O presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, marcou hoje presença na sessão solene evocativa do dia do Centro Hospitalar Tondela Viseu e do seu padroeiro São Teotónio, que decorreu ao final da manhã.

Ao longo da sua intervenção, José António Jesus reconheceu e agradeceu o trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde do Centro Hospitalar Tondela Viseu, enaltecendo a respostada dada em situações de tragédia, tanto em outubro do ano passado, como em janeiro deste ano.

“Tendo o nosso território sofrido com tais calamidades, não deixo de fazer este reconhecimento público, pela diligência, prontidão e resposta ajustada de todo o sistema de emergência e de resposta hospitalar”, destacou.

Para o presidente da Câmara de Tondela, este é também um dia em que se deseja “dar mais esperança a toda a região”, tendo no horizonte “as esperadas obras de ampliação de unidade de urgência, financiadas no quadro do Centro 2020, perante mapeamento validado pela CIM Viseu Dão Lafões”.

“Espera-se decisão sobre o modelo de implementação da unidade de radioterapia, para que possa vir alargar a uma estratégia no domínio da oncologia, vital para a resposta a toda a região. De igual forma, os investimentos no domínio da eficiência energética, enquadrados no POSEUR, contribuirão para maior sustentabilidade e conforto”, acrescentou.

A cerimónia, em que foram entregues meia centena de medalhas de dedicação e mérito a profissionais no ativo e em situação de reforma, contou também com a presença da presidente do conselho diretivo da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro, Rosa Reis Marques; e do vice-presidente da Câmara de Viseu, Joaquim Seixas.

Nesta ocasião, o presidente do Centro Hospitalar Tondela Viseu, Cílio Correia, recordou também os últimos meses, aludindo a dois dias extremamente difíceis: o 15 de outubro do ano passado e o 13 de janeiro deste ano.

“Vão deixar marca para o resto da vida. O Centro Hospitalar e todos os seus profissionais de saúde estiveram presentes e à altura, sendo uma mais valia ter um hospital em Tondela e em Viseu”, concluiu.