PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE TONDELA GARANTE “legalidade” do edifício em construção junto ao Hotel

A situação privilegiada do “PRESTIGE”

ZÉ BEIRÃO  –   O presidente da Câmara Municipal de Tondela garante que existe uma licença, com alvará parcial, para a execução da estrutura de uma obra, no centro da cidade.

Mais de 60% vendido…

Do mesmo modo, garante que foi aprovado o projecto de arquitectura do mesmo imóvel, o que aconteceu em Maio deste ano.

Em causa, está um edifício, composto por um conjunto de apartamentos, em fase de construção (talvez 60) que nos últimos dias tem sido alvo de críticas e “desconfianças”, nas redes sociais, relativamente ao seu licenciamento.

Presidente José António de Jesus

José António de Jesus desmistifica esta situação, garantindo que está tudo dentro da legalidade.

O autarca de Tondela lamenta, por outro lado, determinadas afirmações, veiculadas sobretudo nas redes sociais, que “podem ir perturbando” as populações.

A construção deste edifício, vem possibilitar ao Município algumas alterações aos acessos ao estádio, pois irá ser instalada uma nova rua, que sairá da Avenida Sá Carneiro, com prolongamento ao lado do cemitério até a uma das rotundas da avenida nova, com acesso ao próprio estádio pelas traseiras e que irá, ainda, “revolucionar” a entrada principal que, de uma nova rotunda em frente à Urbanização Bela Vista, ligará, em rampa, a uma competente rotunda em frente à 4.ª porta do estádio, situação em estudo, segundo o próprio presidente da autarquia. A foto a seguir (arquivo) mostra o local da construção, à direita e ao meio, vendo-se a Urbanização Bela Vista à direita, também ao meio. Toda esta zona “mexe” com acessos ao estádio que, na foto, ainda não tinha sido intervencionado, para jogos da I Liga.

TALVEZ O MAIOR IMÓVEL DE TONDELA

O grande imóvel (que os falsos amigos de Tondela não gostam de ver subir) que, do nada, em pouco tempo, surgiu entre o Hotel da cidade, o Estádio João Cardoso e a Rua do Cemitério, avança em volumetria e altura, a chamar a si a denominação de “maior prédio da cidade”. Se não é, parece… fica a ressalva.

A obra avança junto ao marco geodésico

Só não é um “arranha-céus”, porque, para isso, lhe faltariam mais alguns andares, uma vez que, em Tondela, inexplicavelmente, o Município não deixa construir prédios com mais de três andares, bitola já há muito ultrapassada por vilas de concelhos menores do distrito, onde já existem prédios com 4, 5 e 6 andares, até 7, como na Vila  de Oliveira de Frades.

O edifício, que se denomina de “Prestige” goza de uma vista privilegiada da cidade sobre todo o Vale de Besteiros e Serra do Caramulo, pelo que o sucesso de vendas é notório, com mais de 60% vendido, em apenas dois meses de construção, segundo fonte dos construtores.

A construção também avança nos “Jardins de Água” em Tondela, zona do Fojo

Não somos a favor da construção sem licença, mas sim, a favor de uma maior celeridade do Município na concessão de licenças, para que o problema da falta de habitação em Tondela, vá ficando, em grande parte, solucionado com todas as obras de construção em marcha na capital do concelho, que podem ser vistas na zona das Cumeeiras e Fojo, zona do Estádio, Carvalha, Quinta da Ínsua e Pedrés e no próprio centro citadino. Além de que outras construções se preparam para avançar noutros locais da sala de visitas de Besteiros e de todo o concelho.

Além de velhos imóveis em requalificação destinados a alojamento local pela cidade, em fase de acabamentos. A cidade é cada vez mais atractiva e, decididamente, está na moda, Cada dia que passa, novos cidadãos a procuram para investir, trabalhar e viver, com tudo pertinho de casa e até com um clube na I Divisão, onde os “grandes” até perdem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »