TRAGÉDIA EM PARIS – pavoroso incêndio destruiu a catedral de Notre-Dame

Ao fim da tarde de ontem, dia 15 de Abril, eclodiu um pavoroso incêndio na grandiosa catedral de Nossa Senhora de Paris, mais conhecida por “Notre-Dame”.

Quatrocentos bombeiros com 18 agulhetas, combateram o sinistro por mais de uma hora, que acabaria por destruir a maior parte do imóvel histórico do século XII, com o seu recheio e apagou grande parte da história de 900 anos. As causas do sinistro ainda estão por apurar.

Dos mais visitados de Paris, a catedral recebia, anualmente, cerca de 13 milhões de turistas, constituindo uma perda irreparável para a humanidade.

A catedral, de estilo gótico, cujas obras foram iniciadas em 1163 e concluídas em 1345, passava por um processo de restauração em sua torre, cujos custos estavam estimados em US$6,8 milhões de dólares.

Todo o mundo cristão e não só, acompanhou pelas televisões e vídeos nas redes sociais, tamanho pavor.

Foi nessas mesmas redes sociais que vimos desabafos e lamentos de muitos cristãos não só de França, mas um pouco de todo o mundo, nomeadamente, entre milhares:

“Menos de um ano depois do incêndio do Museu Nacional, a catedral de Notre-Dame acaba sendo incendiada. Aparentemente há uma conspiração para apagar o passado da humanidade em museus e outras construções, porque é muita coincidência”. “A história do mundo está sendo destruída aos poucos”

“Depois do Louvre, a construção mais bonita que eu vi em Paris”. “O maior acervo de toda a humanidade”. “O monumento histórico e um dos templos mais visitados na Europa”. “Imagens de doer o coração”.

“Sobreviveu a duas guerras mundiais, vários ataques terroristas entre muitos outros acontecimentos históricos franceses e não só, e é destruído assim, por um incêndio”. “Incrível esta ironia, logo na Semana Santa”.

“856 anos de história destruídos em 60 minutos”…