VIII CAPÍTULO DA CONFRARIA DOS CAROLOS E PAPAS DE MILHO foi um grande sucesso !!

A Confraria dos Carolos e Papas de Milho assinalou no passado sábado, dia 6 de Outubro, o seu VIII Grande Capítulo, na cidade de Tondela, iniciativa que contou com a presença de 4 dezenas de Confrarias, oriundas de todo o país.

Na ocasião, foi dado destaque à Cooperativa Vários de Tondela e à EPT – Escola Profissional de Tondela, com a qual foi celebrado um protocolo que “vai permitir que os alunos confeccionem os pratos de receituário recolhido e que, no final, seja editado um livro de receitas”.

De acordo com o Moleiro-mor da Confraria dos Carolos e Papas de Milho, João Carlos Figueiredo, a EPT tem vindo ao longo dos anos a dar um importante contributo para a qualificação de quadros médios da região e do país. João Carlos realçou, ao mesmo tempo, a criação do “carolito”, pastel ainda em fase de construção, confeccionado com carolos, abóbora-menina, açúcar, ovos e canela, e que foi também apresentado publicamente no passado sábado.

O Moleiro-mor agradeceu todo o apoio que tem sido dado pelo Município de Tondela ao projecto da Confraria, deixando o desafio à autarquia para que no próximo ano se possa começar a construir o “momento gastronómico do concelho”, em parceria com a Confraria do Cabrito e da Serra do Caramulo.

Em resposta a este repto, o vereador da Câmara Municipal de Tondela, Miguel Torres, mostrou-se disponível para apoiar a iniciativa já que a gastronomia pode ter um papel importante na “afirmação do território”.

Por parte da EPT, o director, Miguel Rodrigues, lembrou que a Escola Profissional de Tondela é já Confrade de Honra e Confrade Amiga da Confraria dos Carolos e Papas de Milho, salientando a colaboração da instituição de ensino a que preside na “valorização da gastronomia local”.

Durante a cerimónia solene do VIII Capítulo da Confraria dos Carolos e Papas de Milho, foram entronizados 5 novos confrades efectivos: Conceição Vidigal, Branca Alice, Augusto Afonso, Paulo Santos e Daniel Antunes, assim como 2 novos confrades de honra: Isabel Faria e Pedro Olayo, a título póstumo, para além de ter sido agraciada a Cooperativa Vários de Tondela, com o título de Amiga da Confraria.

Programa riquíssimo e magnífica gastronomia

Depois da recepção no Parque Urbano, onde foi degustado o mata-bicho, desfile até à Igreja de Nossa Senhora do Carmo, onde, pelo padre e Reitor João Carlos Gomes, foi feita a bênção das insígnias e, pela confreira Lurdes Pinto, foi dada a explicação das características daquele templo, de 1570, que foi a 2.ª Matriz, nascida das cinzas de uma primitiva Igreja de 1321, que existiu ao fundo do bairro do casal e onde hoje se situa a capela de Santa Eufémia (ou do Espírito Santo).

Daqui, o programa seguiu até à Escola Profissional (antigo Colégio Tomaz Ribeiro), onde houve um momento cultural através da Cooperativa Vários e a 1.ª apresentação do “carolito” e assinatura de um protocolo entre a EPT e a confraria.

Este capítulo constituiu um grande sucesso, não só pelos locais da cidade que o enobreceram, mas também pela magnífica gastronomia que a Confraria dos Carolos e Papas de milho apresentou, não só durante a recepção no Parque Urbano da cidade, mas também durante o almoço na unidade turística da Quinta do Vale Minhoto.

O chamado “mata-bicho”, contou de papas laberças com petinga de escabeche, tábua de enchidos, moelas, bola de carne em vinha d’alhos, polvo albardado, pataniscas de bacalhau, salada de polvo, queijo da serra e presunto e ovos mexidos com presunto.

A ementa do almoço, constou de sopa de grão com lascas de bacalhau e azeite aromatizado, carolos de bacalhau, bacalhau com broa e molho de carolos, carolos de vinha d’alhos, vitela assada em púcara de barro negro, cozido beirão, para além de irresistíveis sobremesas.

O repasto, que se prolongou pela tarde fora, teve animação musical, que a todos contagiou em ambiente amistoso e de muita alegria, onde compareceu a presidente da Federação das Confrarias Gastronómicas de Portugal Olga Cavaleiro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Traduzir »